70 anos da chacina do Parque Internacional

*por Marlon Aseff A noite de 24 de setembro de 1950 ficaria marcada na história da fronteira de Santana do Livramento e Rivera devido ao assassinato de quatro militantes comunistas, reunidos em frente ao Parque Internacional, na linha divisória que separa Brasil e Uruguai. O ato, de panfletagem e pichação, seria de afronta ao governo Dutra,Continuar lendo “70 anos da chacina do Parque Internacional”

CRIMES CONTRA A HUMANIDADE: HIROSHIMA, NAGASAKI E BRASIL

Hiroshima e Nagasaki. Em 6 e 9 de agosto deste terrível ano de 2020,  completaram-se 75 anos  do cometimento de crimes contra a humanidade perpetrados  nas cidades de Hiroshima e Nagasaki. O Tribunal de Nuremberg julgou e condenou a altos oficiais e personalidades da Alemanha Nazista à diversas penas, de morte e de prisão. Mas,Continuar lendo “CRIMES CONTRA A HUMANIDADE: HIROSHIMA, NAGASAKI E BRASIL”

Brasileiros, sim! Mas, cidadãos do Mundo, também!

Segundo alguns, nacionalismo e internacionalismo seriam conflitantes entre si. Para essa visão paradoxal, nenhuma pessoa ou organização poderia ser, ao mesmo tempo, nacionalista e internacionalista. Nesta época de neoliberalismo feroz e dominante, essa aparente incompatibilidade se encaixa como uma luva, na medida em que o neoliberalismo é, em última análise, a supervalorização do individualismo, negandoContinuar lendo “Brasileiros, sim! Mas, cidadãos do Mundo, também!”