O MANIFESTO

Há 173 anos, no dia 21 de fevereiro de 1848, foi publicado, por vezprimeira, o Manifesto Comunista, escrito por Marx e Engels.Escrito sob os impactos das revoluções de 1848, na Europa, visando darnovos rumos à Liga dos Comunistas, representava o triunfo dosdefensores da nova linha proletária no quadro das discussões havidas nointerior da Liga.Apesar deContinuar lendo “O MANIFESTO”

INDIA – as raízes da revolta camponesa: contra o agronegócio capitalista e a centralização

Por Pritam Singh* As reformas do mercado agrícola recentemente aprovadas pelo governo da Aliança Democrática Nacional refletem a determinação do Partido Bharatiya Janata (BJP) de introduzir o agronegócio e avançar seu programa de centralização do poder econômico e da tomada de decisões. A oposição às reformas por parte do campesinato, muitos governos dos estados federaisContinuar lendo “INDIA – as raízes da revolta camponesa: contra o agronegócio capitalista e a centralização”

EUA: decadência e eleições

por JORGE CADIMA O declínio dos EUA caminha a passos largos para a decadência, que se manifesta sob múltiplas formas. Entre elas, a intensidade da guerra que opõe sectores diversos das classes dominantes e o desastre sanitário e social da epidemia Covid-19. Apesar da anunciada vitória do quase octagenário Joseph Robinette Biden Jr. nas eleições presidenciaisContinuar lendo “EUA: decadência e eleições”

Con Biden habrá más revoluciones de color en AL

Las formas cambian, pero el fondo sigue siendo el mismo. En vez del muro, las restricciones a los inmigrantes y el discurso ultra de Donald Trump, vendrán las declaraciones “correctas” sobre la democracia, las mujeres y los afrodescendientes de Joe Biden. En vez del militarismo descarnado, las revoluciones de color ideadas por la Open Society de SorosContinuar lendo “Con Biden habrá más revoluciones de color en AL”

Ucrânia: o colaborador dos nazistas – Stepan Bandera – foi homenageado em Kiev com a cumplicidade da União Europeia, que se recusa a votar a resolução condenando o nazismo na ONU

O ano começou mal na Ucrânia, onde em breve será aprovada uma lei que permitirá às regiões da Ucrânia armar milícias “nacionalistas”, apesar de o país ter um exército nacional! Um exército, é verdade, equipado pela NATO, largamente financiado pela União Europeia e treinado pelos Estados Unidos, que colocou assim os seus soldados em soloContinuar lendo “Ucrânia: o colaborador dos nazistas – Stepan Bandera – foi homenageado em Kiev com a cumplicidade da União Europeia, que se recusa a votar a resolução condenando o nazismo na ONU”

Lições do ataque ao Capitólio dos EUA

Por Phil Wilayto O que aconteceu em 6 de janeiro, no Capitólio dos EUA, não foi um “protesto de partidários de Trump” e, sim, uma violenta tomada do Congresso por uma multidão fascista. E, embora cinco pessoas morressem e houvesse mais de 50 prisões, é óbvio para o grande público que esses infratores da lei,Continuar lendo “Lições do ataque ao Capitólio dos EUA”

Sob os escombros, as digitais de um responsável

O internacionalistas.org  agradece a gentileza do prof. José Luís Fiori em autorizar a publicação deste artigo, como também agradece, penhoradamente, as intervenções dos professores Mauro Luis Iasi e Maria Mello de Malta. Por José Luís Fiori(Professor titular do Programa de Pós-Graduação em Economia Política Internacional (IE/UFRJ), e do Programa de Pós-Graduação em Bioética e ÉticaContinuar lendo “Sob os escombros, as digitais de um responsável”

A FEDERAÇÃO SINDICAL MUNDIAL (FSM) LANÇA CAMPANHA PELA LIBERTAÇÃO DE CRIANÇAS PALESTINAS DETIDAS EM PRISÕES DO GOVERNO DE ISRAEL

Com mais de 100 milhões de sindicalistas em todo o mundo, a Federação Mundial de Sindicatos está comprometida com a paz. Em 1º  de janeiro de 2021, lançou uma campanha internacional pela libertação, em especial, de 155 crianças palestinas aprisionadas pelo governo israelense. A FSM pede, também, a libertação de 4.500 prisioneiros politicos palestinos, entreContinuar lendo “A FEDERAÇÃO SINDICAL MUNDIAL (FSM) LANÇA CAMPANHA PELA LIBERTAÇÃO DE CRIANÇAS PALESTINAS DETIDAS EM PRISÕES DO GOVERNO DE ISRAEL”

Réquiem por uma utopia defunta

O internacionalistas.org  agradece a gentileza do prof. José Luís Fiori em autorizar a publicação deste artigo, como também agradece, penhoradamente, as intervenções dos professores Mauro Luis Iasi e Maria Mello de Malta. Por José Luís Fiori(Professor titular do Programa de Pós-Graduação em Economia Política Internacional (IE/UFRJ), e do Programa de Pós-Graduação em Bioética e ÉticaContinuar lendo “Réquiem por uma utopia defunta”