Mobilização histórica. Dezembro de 2019 superior a 1995! Os números #Grevede5dedezembro #GreveGeral

Marselha – 16h. Trens, metrôs, ônibus, RER parado (trens regionais), 7 de 8 refinarias em greve renovável, 3/4 professores universitários e de escolas secundárias em greve, metade das escolas primárias fechadas, 1 terço dos funcionários públicos em greve, milhares de greves no setor privado … A greve é geral em 5 de dezembro. Ao meio-dia, a SNCF (Société Nationale des Chemins de fer Français = Sociedade Nacional dos Caminhos de Ferro Francesa) e a RATP (Régie Autonome des Transports Parisiens = Empresa Pública Autônoma dos Transportes Parisienses) anunciaram a continuação da greve até segunda-feira inclusive. Martinez, o líder da CGT, afirma “a greve continua”.
E nas ruas as manifestações são enormes, apesar das dificuldades de transporte.
Os números: mais de um milhão de manifestantes!
Segundo nossa contagem parcial em 58 cidades da França, havia pelo menos 1.160.000 manifestantes nas ruas em 5 de dezembro. a contagem completa da CGT conta 1,5 milhão de manifestantes.

  1. Paris : 250 000
  2. Marseille : 180 000 manifestants
  3. Toulouse 100 000
  4. Bordeaux : 50 000
  5. Lille : 40 000
  6. Lyon : 40 000
  7. Rouen 40 000
  8. Limoge 30 000
  9. Nantes : 30 000
  10. Grenoble : 30 000
  11. Le Havre : 25 000
  12. Caen : 20 000
  13. Montpellier 20 000 *
  14. Clermont Ferrand :30 000
  15. Rennes 15 000
  16. Avignon 15000
  17. Perpignan : 13 000
  18. Toulon 15 000
  19. Pau 14 000
  20. Nice 15 000
  21. Brest 15 000
  22. Bayonne : 10 00
  23. Lorient : 10 000
  24. Niort 10 000
  25. Metz 10 000
  26. Strasbourg 10 000
  27. Quimper 10000
  28. Dijon 10000
  29. La Rochelle 10 000
  30. Angers 9200
  31. Besançon 9 000
  32. Amiens 8000
  33. Chateauroux 8000
  34. Périgueux 7500
  35. Tarbes 7 000
  36. Angoulème 7000
  37. Valence 6 500 *
  38. Montauban 6 000
  39. Bézier 5500
  40. Nancy 5000
  41. Compiègne 5000
  42. Saint Denis La Réunion 5000
  43. Arras 4 000
  44. Auch 4 000
  45. Albi 4 000
  46. Carcassonne 4 000
  47. Morlaix 4000
  48. Boulogne sur mer 3500
  49. Troyes 3000
  50. Sète 3000
  51. Vichy 2 500
  52. Gueret : 2500
  53. Mulhouse 2500*
  54. Calais 2 100
  55. Douai 2000
  56. Draguignan 2 000
  57. Montélimar 1700*
  58. Creil 1500
  59. Abbeville 800
  60. Brignoles 700
  61. Muret 500

*cifras da prefeitura
Estimativa parcial e independente do Le Nombre Jaune (O número amarelo, organização que faz estatísticas sobre manifestações públicas): 1 143 450 (de manifestantes).
PRCF (Polo de Renascimento Comunista em França) claramente visível em Paris, circulando na TV BFM.

No jornal das 20H da França 2, todos poderão ver os cartazes da PRCF pedindo para interromper a reforma previdenciária por pontos, apresentados pela PRCF Ile de France. É o resultado (referindo-se aos cartazes) de uma montagem militante maciça.

A presença organizada e sólida da PRCF Ile-de-France também marcou preença na tela da TV BFM na tarde de 5 de dezembro. Não podemos falhar com os camaradas do canal de notícias continuas, as bandeiras vermelhas com os símbolos do PRCF e a faixa vermelha pedindo “toodos juntos ao mesmo tempo”.


Reportagem fotográfica no evento em Marselha
O desfile dos manifestantes começou a se unir no antigo porto da prefeitura e começou a marcha. O cortejo tinha uma extensão de mais de 5 km.


Fonte: https://www.initiative-communiste.fr/articles/luttes/mobilisation-historique-decembre-2019-plus-haut-que-1995-les-chiffres-grevedu5decembre-grevegenerale/
Tradução: Os Internacionalistas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: